Candidato sem voto poderá ficar proibido de tomar posse

votoA Comissão de Constituição e Justiça da Câmara dos Deputados aprovou na semana passada a proibição de o candidato que não teve voto tomar posse de mandato nas eleições proporcionais – vereadores e deputados estaduais e federais. As informações são da Agência Câmara.

A medida consta do Projeto de Lei 4169/08, do deputado Carlos Bezerra (PMDB-MT), que recebeu voto favorável do relator, deputado Roberto Magalhães (DEM-PE), em relação à constitucionalidade, juridicidade e mérito. “Quem não mereceu um voto sequer não deve exercer mandato legislativo”, afirma o relator.

O deputado cita o caso do município piauiense de Queimada Nova, onde um vereador que não obteve nenhum voto nas eleições foi empossado na Câmara Municipal. Essa situação ocorreu porque três vereadores e seus suplentes haviam sido cassados por infidelidade partidária e não sobrara nenhum outro suplente da coligação.

“Não podemos admitir que essas situações continuem a macular o sistema eleitoral, em detrimento do direito de voto e, em última instância, do exercício da função legislativa na Câmara dos Deputados, nas Assembleias Legislativas e nas Câmaras Municipais”, concluiu. A proposta tramita em regime de prioridade e ainda será votada pelo Plenário.

Fonte: Jornal Pequeno

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *